7 de março de 2009

Teu Sou

Estou pra escrever esse post há quase duas semanas. Mas tenho tido dias difíceis internamente. Dias difíceis de explicar, onde o pensamento linear não alcança o entendimento. Mas a razão do post não são esses dias difíceis... talvez até como eu consigo superá-los... Logo após o carnaval - que eu trabalhei como louca - fui descansar numa pousada com amigos e com minha familia. E estava eu, a beira da piscina tomando sol, e um grupo de pessoas estava também na piscina e começaram a conversar de religião. Eu fiquei ouvindo... Choveram críticas, não às entidades religiosas como seria o esperado... mas aos religiosos. À um certo ponto, um dos rapazes (que eu conheço inclusive) disse assim: - Que ficar cantando em missa que nada... cantando "ÓO senhooooor...!!!" (Imitando o canto ...) Num primeiro momento fiquei até com raiva. Mas depois eu entendi. Não se pode entender a experiência do outro. A experiência é sempre algo único, pessoal e intrasnferível. Qualquer experiência é assim. A mais ordinária delas é assim. Que dirá, a experiência Crística. A experiência Cristica pode não ter nada a ver com Igreja. Com religião. Mas ela tem a ver com o Amor do Pai. Com compaixão. Na minha opinião, a experiência Cristica não é perceber que estamos perto de Deus. Mas perceber Ele perto de nós. Íntimo. É Olhar Dele para nós. É o Olhar do Mestre Jesus para nós. Me lembro da minha primeira vez com Ele. Eu não sabia direito o que estava acontecendo. Sentia uma dor interna, um aperto no peito... e de repente veio um choro inexplicável e libertador. Um choro de Amor, de Gloria. E tem sido sempre assim desde então.Todas as vezes. Não é que eu tenha que me sentir oprimida para que isso aconteça. Eu acho que Ele me mostra a minha própria opressão e então me mostra o Seu Amor. E que não adianta eu me oprimir, me sentir oprimida. Ele tem melhores respostas, para todas as minhas perguntas. Eu me sinto pequena diante a tamanho Amor e compaixão comigo. As palavras faltam para tentar fazer com que os outros entendam. Porque eu ainda tenho minhas dores, e conscientemente pelo simples fato de que sozinha eu não posso. Sozinha, não tenho a grandeza de deixar tudo para trás, passar por cima das minhas dores. Só posso com Ele. E só com Ele. Não me importo com a opinião alheia. Eu entendo quem faz piada, ironia disso. A experiência cristica não é uma experiência qualquer. Não é ver fantasma ou ter um dom psíquico, premonitório. A Experiência Cristica é mais democrática pois vem do Amor Incondicional e Infinito do Pai. Ele não diz que só alguns podem ter. Mas eu compreendo que só alguns terão. Porque essa porta maravilhosa tem que ser merecida, conquistada. " Eis que estou à porta " é o que o Mestre diz. Mas nem todos vão ouvir. Portanto, eu entendo a surdez alheia. As vezes eu acho graça até. Mas via de regra sinto pena e por vezes compaixão. Se sinto pena, estou sentindo com meu ego - porque ele faz parte de mim, e uma das minhas tarefas é integrá-lo ao meu Ser com Amor. Meu ego é pequeno, bobo, burro. É a parte de mim que me puxa para trás. Quando eu sinto com compaixão, estou com o Pai olhando para meus irmãos. E entendo que na Escola das Vidas, talvez eles ainda não compreenderam como funciona a equação Celeste. E é importante olhar para o outro, não para comparar, mas para saber que somos todos um, o que está ao meu lado também faz parte de mim, por mais que eu não queira. Mas o Pai me ajuda a olhar com Amor, com os olhos Dele e sentir compaixão. Mas acho que além de tudo isso, é para que eu olhe para mim mesma com mais Amor, mais caridade, mais acolhimento que nunca ninguém poderá me dar. Só Ele.
Faz um Milagre em Mim Régis Danese Como Zaqueu quero subir, O mais alto que eu puder Só pra te ver, olhar para Ti. E chamar sua atenção para mim Eu preciso de Ti, Senhor Eu preciso de Ti, Ó Pai Sou pequeno de mais Me dá a sua paz Eu desejo te servir Entra na minha casa, entra na minha vida. Mexe com minha estrutura, sara todas as feridas. Me ensina a ter Santidade Quero amar somente a Ti O senhor é meu bem maior, faz o milagre em mim.

2 comentários:

Renata Tapioca disse...

Lindo como vc descreve sua relaçao com o universo, sinto assim também...vc nao está só!
Bjksss

Ana agora Cris Bergamini e também Cristallo disse...

Oi Pat,

Estava no Facebook e vih q vc escreveu q estava atualizando seu Blog, vim dar uma olhada e fiquei feliz em ver isso q vc escreveu.

So o Pai, realmente pode nos presentear com a verdadeira e eterna Paz...

E q a gente possa, sempre, transmitir essa alegria aos outros.

Beijinho e vamos em frente,

Cris