14 de maio de 2009

Frente e Costas

Li esse texto no Blog de Lud Rohr e me identifiquei demais com o que estava escrito. Acho que toda mulher "forte" se sente assim. Por trás de mim By Ludmila Rohr Por trás da dureza que mostro tem algo muito delicado e sensível. Por trás de toda certeza e convicção existem medos e inseguranças. Por trás de todo esse tamanho existe uma miniatura. Por trás de todo preenchimento tem um imenso vazio. Por trás de tanta propriedade existe um nada. Por trás de tanta fé, a mais total descrença. Por trás da paz, um caos. Por trás de tanta vitalidade, uma vontade enorme de sumir. Por trás da coragem, a vontade de pedir ajuda. Por trás da firmeza, vacilo. Por trás da resiliência, uma vontade de desistir. Por trás de todo o planejamento, uma grande desorganização. Por trás de toda a minha lucidez, uma vontade de enlouquecer. Por trás de tanta expansividade, muita retração. Por trás de toda determinação, uma vontade de sucumbir. Por trás da mulher segura existe uma menina assustada. Por trás daquilo que conheço de mim, uma total desconhecida. Por trás de mim, só existe a mim mesma. Então essa sou eu inteira, Frente e costas, Sou inteira essas duas e muito mais.

1 comentários:

Ludmila Rohr disse...

Quanta honra!!!!
adorei!

Somos assim né?

bjos