15 de setembro de 2010

Melancia





Tem uns dias desde que escrevi aqui.
Tenho trabalhado bastante, o que te tomado meu tempo e energia.
Mas também devo dizer que aconteceram algumas coisas que eu precisava elaborar pra poder escrever.
Não vou falar de uma situação específica, mas de forma geral, porque acho que de uma forma ou de outra acontece com todo mundo.
Em algum momento isso acontece... e só o que posso dizer é que: Pimenta no dos outros é refresco.


Muitas coisas vieram à tona pra mim  neste comecinho de mês. E pra variar no começo eu não entendo muito bem e fico até meio afobada.
Mas não tarda, o Universo vem e me mostra, explica o porque de tudo.
Como diz minha irmã e Dinda Marcelinha: Deus complica, descomplica e só depois explica.


Pois bem.
Acho que nos colocamos num lugar de olhar a grande maioria dos mortais de cima para baixo. Em algum momento da vida fazemos isso. 
E nem venha dizer que não faz, porque faz. 
Isso faz parte da natureza humana. 


A diferença é que não temos honestidade (e humildade, claro) suficiente pra encarar isso de frente e reconhecer.
E cada dia mais eu vejo, como a hipocrisia em muitos momentos, não escolhe lugar para morar.
Vejo muitas pessoas falando uma coisa e fazendo outra.
Faz o que digo, mas não faça o que faço sabe ?
E devo dizer:  Fico com um preguiça de gente assim, que nem dá pra contar.


Claro que as pessoas não tem que ser como eu quero. 
Mas meu ponto é justamente esse.
Sempre digo isso aqui: Foda-se os outros.
E antes que já comece o mi mi mi esclareço que é "foda-se" os outros, não é pra fazer mal ao outro, não é pra desmerecer ninguém.
Não. 
Mas é pra ter sim, um olhar mais carinhoso e respeitoso consigo próprio.
Quer ser assim ? Te faz feliz ? 
Ok, seja, mas também tenha consciência que sua escolha traz uma consequência como um magneto.
E vai lhe mostrar muitas vezes, justamente aquilo que você está reparando no outro. 
Às vezes - a maioria delas acho eu - não se percebe, mas a vida vai no mínimo expor isso.


Eu tenho uma mania, que Graças à Deus diminui a cada dia.
Coloco algumas pessoas em altares que elas não pertencem.
Até porque, quem merece altar é santo.
E aqui embaixo, enquanto estamos aqui...  tá todo mundo mais ou menos na mesma. 
Aprendendo e evoluindo.


Depois há uma inevitável decepção, porque quem você coloca no altar, você está idealizando.
Ao mesmo tempo, de lá "de cima" dos altares, para lhe "ver" o olhara acaba sendo de cima pra baixo.
Então, de quem é a "culpa" ??


De ninguém a não ser minha. (no meu caso).
Ninguém pediu para ir pra lá. 
É bem verdade que a gente "vende para os outros" a imagem que a gente quiser e "compra" quem quer.
Mas enfim...


Mas a "Hora da Verdade" sempre chega.
Porque ninguém pode esconder o que é (e o que não é) pra sempre. 
E nisso a convivência é fundamental para esse momento de revelação.
É aí que a idealização tem seu fatídico fim. 


Vivi isso recentemente. 
Passei alguns dias me "debatendo" pensando coisas, buscando verdades, tentando "soluções" que na verdade não existem. 
Somos o que somos.
Nós evoluímos, mas nossa natureza permanece fiel à sua essência.
Ninguém tira melancia de pé de abacaxi.
Você pode ser uma boa melancia, pequena, grande, doce, azeda, amarga, saudável ou podre.
Mas nunca será abacaxi. 


E aí, é que meu amado Pai Celestial entra em cena.
Enquanto eu tô acabando comigo internamente, Ele vem e me mostra o quanto Ele me ama.
Seu Amor me acolhe e pega no colo e diz: "Tu és minha".
Só eu sei como as coisas se encaixaram de uma forma simplesmente libertadora.


Nenhuma decisão ou julgamento é uma sentença.
Sempre podemos mudar.
Fica cada dia mais maravilhada com essas demonstrações de Amor que Deus faz para mim.
E após essa "revelação", instantâneamente eu entendo o porque do "farafafá" todo.


Portanto, seja o que você é, e o que você quer ser.
Se esforce para não julgar os outros. 
Porque até quando pensamos que não estamos julgando, na verdade estamos colocando em julgamento.  (Percebam que me incluí!!)


Let it be, como cantou Paul McCartney. 
O universo olha por tudo que existe nele. 
Absolutamente TUDO.
Nem uma formiguinha fica de fora.
E quando chega a hora de aprender e entender o Universo age.
Não se preocupe e nem tente controlar ou induzir o aprendizado. Ele simples e magicamente acontece.
Simples assim.




Cartas para redação,


Bjo, me twitta
@patmguerra






Just Stop Believing
Just a small town girl, livin' in a lonely world
She took the midnight train goin' anywhere
Just a city boy, born and raised in South Detroit
He took the midnight train goin' anywhere
A singer in a smoky room
The smell of wine and cheap perfume
For a smile they can share the night
It goes on and on and on and on
Strangers waiting, up and down the boulevard
Their shadows searching in the nights
Streetlights, people, living just to find emotion
Hiding, somewhere in the nights
Working hard to get my fill,
Everybody wants a thrill
Payin' anything to roll the dice
Just one more time
Some will win, some will lose
Some are born to sing the blues
And now the movie never ends
It goes on and on and on and on
Strangers waiting, up and down the boulevard
Their shadows searching in the night
Streetlights, people, living just to find emotion
Hiding, somewhere in the nights
Don't stop believin'
Hold on to that feelin'
Streetlight, people
Don't stop believin'
Hold on to that feelin'
Streetlight, people
Don't stop










3 comentários:

lilipauperio disse...

Pois é, sempre que colocamos alguém em um pedestal , a culpa é nossa que colocamos, mas não deixa de ser irritante ver as pessoas que admiramos se apoiar neste "falso pedestal " e ficar lá em cima ditando as regras.

Enfim como você bem falou, as máscaras caem rapidinho.....

E vamos vigiar e colocar as pessoas no seu devido lugar, ou seja, lado a lado!!

Beijos

Lili

LIZ PASSOS disse...

E quem não coloca, né?
Eu tenho mania de colocar as pessoas q amo e admiro acima dos meus ombros.
E, sim! Já tive muitas decepções por conta desse comportamento.
Mas foi isso que me tornou uma pessoa tão observadora e sem falsas expectativas.
E hoje, posso admirá-las, mas não vou seguir o que elas querem, caso não concorde!
Como já diria o bom e velho senso comum "cada qual, no seu cada qual"...rsrs
Lindo texto, Patita!
Love U
Beijos

Aquino Mustafa disse...

Este altar só pertence a Ele, mas devemos sempre dar oportunidade para as pessoas que aparecem em nossas vidas, até que elas provem o contrário. E caso isso aconteça, faz parte, a vida é para ser vivida com intensidade, ... bjs