15 de agosto de 2008

O Caminho Quádruplo

Nas minhas andanças pelos blogs e pela internet, achei essa digamos - explicação - sobre o Caminho Quádruplo. A Verdade às vezes pode ser desconsertante, não é ? Mas é a Verdade que liberta. Amor e Luz, sempre! O Caminho Quádruplo As tradições xamânicas recorrem ao poder dos quatro arquétipos para viver em harmonia e equilíbrio com o meio ambiente e a própria natureza interior: O Guerreiro, o Curador, o Visionário e o Mestre. Esses arquétipos se lastreiam nas raízes míticas mais profundas da humanidade, nós também podemos ter acesso a sua sabedoria. Quando aprendermos a viver esses arquétipos internamente, começaremos a recuperar a nós mesmos e ao nosso fragmentado universo. Os quatro princípios a seguir, cada um baseado em um arquétipo, compõem o chamado Caminho Quádruplo. Mostrar-se ou optar por estar presente. O estar presente nos permite ter acesso aos recursos humanos do poder, presença e comunicação. Este é o caminho do Guerreiro. Prestar atenção ao que tem coração e significado. Prestar atenção abre-nos para os recursos humanos do amor, gratidão, respeito e valorização. Este é o caminho do Curador. Dizer a verdade, sem culpar nem julgar. A verdade que não julga mantém nossa autenticidade e desenvolve nossa visão e intuição interiores. Este é o caminho do Visionário. Estar aberto aos resultados, não preso aos resultados. A abertura e o desapego nos ajudam a recobrar os recursos humanos da sabedoria e da objetividade. Este é o caminho do Mestre. Em nossa sociedade, expressamos o caminho do Guerreiro pela nossa capacidade de liderança. Expressamos o caminho do Curador por nossas atitudes preocupados em manter nossa própria saúde e a do nosso meio ambiente. Expressamos o caminho do Visionário através da nossa criatividade pessoal e de nossa capacidade de trazer ao mundo nossos ideais e visões de vida. Expressamos o caminho do Mestre pela nossa capacidade de comunicação e conhecimentos construtivos. O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo. O que for o teu desejo, assim será tua vontade. O que for tua vontade , assim serão teus atos. O que forem teus atos, assim será teu destino. Esse é o caminho de todos nós.

1 comentários:

ANDREA MENTOR disse...

Que ensinamento Pat!! Para viver em harmonia e equilibrio, o exercício é diario, e o comprometimento, total. Adorei o que escreveu e preciso sempre reler, pelo total sentido que faz e pela minha necessidade de desfocar, as vezes. Pra mim, o problema não está no "as vezes", na exceção, mas na capacidade de retornar à realidade, à rotina, e ao foco. É a rotina que me permite organização... E é o ponto que tenho que fortalecer, pra não me perder no caminho. A jornada é longa, dura, de superação. E é isso que a faz ser linda!!!! E, o mais legal, sempre tem uma pessoa linda pra te buscar no mundo das idéias, onde tudo é possível porque sim, e te trazer pra vida real, onde tudo tb é possível porque a gente faz acontecer... Vc é uma delas. Beijo amiga! Beijo grande!!!