2 de novembro de 2009

Graça & Elegância



Graça e elegância são atributos natos.
Sinto muito em dizer que isso não se adquire.
Você pode até fingir que têm, mas em algum momento, a falsa imagem vai dar lugar à verdade revelada e todos irão perceber a sua falta de graça ou de elegância.

Ao procurar uma imagem para esse post, vi algumas imagens que traduziam graça e elegância.
Cisnes, Flores, Beija-flores, Grace Kelly...
Mas nenhuma delas me tocou tanto quanto à imagem de cavalos.
Esse final de semana, produzi um evento de Hipismo e foi emocionante.
Constantemente, me emocionava com a graça e elegancia dos cavalos.
São elegantes em todos os momentos.
Até quando estão ariscos.
Lindos.

Mas a razão do meu post não foram os cavalos.
A razão do meu post é a percepção da falta de graça e elegância das pessoas.
*Dinheiro, poder, fama e prestígio não são e nunca serão sinônimos de graça e elegância.
Repare que o *primeiro time pode ser adquirido e portanto perdido.
O segundo time, pode até ser um desejo, mas não acredito que se pode adquirir.

Recebi um email debochado essa semana que me pôs a pensar nisso.
Podemos ser engraçados e elegantes ao mesmo tempo.
Mas deboche e elegância são opostos.
Não combinam.
O deboche tem um intenção velada de diminuir o outro por alguma razão.
O quê na minha opinião, significa falta de respeito e claro falta (completa) de elegância.
Você pode ter um senso de elegância e isso te salvar algumas vezes.
Mas não se vista com o senso...
Seu impulso vai te despir rapidamente.

Acho que há uma confusão entre ser bem sucedido e ser elegante.
Você pode estar coberto de ouro e dinheiro... e pode ser rude e deselegante.
Pode ter o melhor emprego do mundo, estar no melhor terno Armani... e ainda sim revelar sua completa deselegância ao responder um simples email... ou ao ignorar um servente do seu escritòrio.

Tá dificil entender?
FHC (ex- presidente) é elegante. Lula não é.

Enfim, acho feio.
Trate bem se quer ser bem tratado (a).

Mirem-se nos cavalos que são elegantes até na hora em que estão dando um coice.
Ok... eu sei.
Isso é para poucos ...e poucas.









4 comentários:

Clínica de Aperfeiçoamento da Saúde Oral disse...

Gostei do post, só tenho uma ressalva: Trate bem a todos para o seu proprio bem, nao importa se sera bem tratado ou nao. Faca pela sua propria graca e elegancia!!

Beijos
Lili

Liz disse...

Perfeito, Patita!
Não adianta vestir uma capa de elegante, se o "ranço" da falta de educação imperar...rsrs
Adorei a analogia com o cavalo..eles são imponentes mesmo!
Amo vc!
Bjos

Marcela Oliva disse...

Irmanis,

o pior é quando as pessoas sabem que esse deboche vai ferir e o fazem de 'caso pensado'. Aí deixa de ser graça para ser ofensa.

Você pode ter dinheiro e não ser elegante... Tem coisas que carater e postura definem... dinheiro não....

E como diria Caetano "Não me amarra dinheiro não, mas elegância..."

Love U

bjo

Anônimo disse...

É por isso que quando eu quero ficar no meu sítio com minhas cabras, cães e cavalo, o povo diz que sou anti-social... Mas patada, marrada, mordida e bicada, eu só recebo das pessoas. Meus bichinhos são maravilhosos!! Beijos, Lara